23.7 C
Nova Iorque
domingo, agosto 14, 2022

Leonardo DiCaprio vence Oscar e faz discurso poderoso sobre preservação ambiental

Home >> BRASIL >> ‘Não precisava levar uma coerção. Era só ter comunicado’, diz Lula após depoimento à PF

Leonardo DiCaprio vence Oscar e faz discurso poderoso sobre preservação ambiental

Leonardo DiCaprio, finalmente, com a estatueta | Foto: Mario Anzuoni / Reuters

Após cinco indicações e muita expectativa, o ator Leonardo DiCaprio finalmente ganhou o Oscar. Favorito ao prêmio, ele faturou a estatueta de Melhor Ator por O Regresso e mereceria duas, se levar em conta o grande desempenho no discurso da vitória. Antes de falar sobre a importância de se tomar medidas drásticas para frear o aquecimento global, em nome da preservação das espécies, ele foi aplaudido de pé. Foi um alívio, mas, mais do que isso, uma vitória providencial para trazer ao centro das discussões um assunto de absoluta importância.

“Fazer O Regresso foi sobre a relação entre homem e natureza. 2015 foi o ano mais quente da história. Mudança climática é uma coisa real! Está acontecendo agora! É a ameaça mais urgente a nossa espécie”, afirmou Leo.

Sobre as ações para tornar isso possível, declarou: “Precisamos trabalhar juntos e parar de procrastinar. Precisamos apoiar líderes ao redor do mundo que não falam pelos grandes poluentes, pelas grandes corporações, mas que falam por toda a humanidade, pelos indígenas do mundo, pelas bilhões e bilhões de pessoas desprivilegiadas que serão mais afetadas por isso, pelos filhos dos nossos filhos e por aqueles cujas vozes foram abafadas pela ganância dos políticos. Eu agradeço a todos por esse prêmio incrível. Vamos valorizar o mundo, eu valorizo essa noite.”

Foi um dos pontos altos da noite, que consagrou os seguintes atores, realizadores e produções:

Melhor filme

“A grande aposta”

“Ponte dos espiões”

“Brooklyn”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“Perdido em Marte”

“O regresso”

“O quarto de Jack”

“Spotlight: Segredos revelados”

Melhor ator

Bryan Cranston (“Trumbo”)

Matt Damon (“Perdido em Marte”)

Leonardo DiCaprio (“O regresso”)

Michael Fassbender (“Steve Jobs”)

Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)

Melhor atriz

Cate Blanchett (“Carol”)

Brie Larson (“O quarto de Jack”)

Jennifer Lawrence (“Joy”)

Charlotte Rampling (“45 anos”)

Saoirse Ronan (“Brooklyn”)

Melhor diretor

Alejandro G. Iñárritu (“O regresso”)

Tom McCarthy (“Spotlight: Segredos revelados”)

George Miller (“Mad Max: Estrada da fúria”)

Adam McKay (“A grande aposta”)

Lenny Abrahamson (“O quarto de Jack”)

Melhor canção original

“Earned it”, The Weeknd (“Cinquenta tons de cinza”)

“Manta Ray”, J. Ralph & Antony (“Racing extinction”)

“Simple song #3”, Sumi Jo e Viktoria Mullova (“Youth”)

“Writing’s on the wall”, Sam Smith (“007 contra Spectre”)

“Til it happens to you”, Lady Gaga (“The hunting ground”)

Melhor trilha sonora

“Ponte dos espiões”

“Carol”

“Os 8 odiados”

“Sicario”

“Star Wars: O despertar da força”

Melhor filme estrangeiro

“O abraço da serpente” (Colômbia)

“Cinco graças” (França)

“O filho de Saul” (Hungria)

“O lobo do deserto” (Jordânia)

“Guerra” (Dinamarca)

Melhor curta de live action

“Ave Maria”

“Day one”

“Everything will be okay (Alles Wird Gut)”

“Shok”

“Stutterer”

Melhor documentário

“Amy”

“Cartel Land”

“The look of silence”

“What happened, Miss Simone?”

“Winter on fire: Ukraine’s Fight for Freedom”

Melhor documentário de curta-metragem

“Body team 12”

“Chau, beyond the lines”

“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”

“A Girl in the River: The Price of forgiveness”

“Last day of freedom”

Melhor ator coadjuvante

Christian Bale (“A grande aposta”)

Tom Hardy (“O regresso”)

Mark Ruffalo (“Spotlight: Segredos revelados”)

Mark Rylance (“Ponte dos espiões”)

Sylvester Stallone (“Creed”)

Melhor animação

“Anomalisa”

“O menino e o mundo”

“Divertida mente”

“Shaun, o carneiro”

“As memórias de Marnie”

Melhor curta de animação

“Bear Story”


“Prologue”

“Sanjay’s Super Team”

“We can’t live without Cosmos”

“World of tomorrow”

Melhores efeitos visuais

“Ex Machina”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“Perdido em Marte”

“O regresso”

“Star Wars: O despertar da força”

Melhor mixagem de som

“Ponte dos espiões”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“Perdido em Marte”

“O regresso”

“Star Wars: O despertar da força”

Melhor edição de som

“Mad Max: Estrada da fúria”

“Perdido em Marte”

“O regresso”

“Sicario”

“Star Wars: O despertar da força”

Melhor montagem

“A grande aposta”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“O regresso”

“Spotlight: Segredos revelados”

“Star Wars: O despertar da força”

Melhor fotografia

“Carol”

“Os oito odiados”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“O regresso”

“Sicario”

Melhor cabelo e maquiagem

“Mad Max: Estrada da fúria”

“The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared”

“O regresso”

Melhor design de produção

“Ponte dos espiões”

“A garota dinamarquesa”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“Perdido em Marte”

“O regresso”

Melhor figurino

“Carol”

“Cinderela”

“A garota dinamarquesa”

“Mad Max: Estrada da fúria”

“O regresso”

Melhor atriz coadjuvante

Jennifer Jason Leigh (“Os 8 odiados”)

Rooney Mara (“Carol”)

Rachel McAdams (“Spotlight: Segredos revelados”)

Alicia Vikander (“A garota dinamarquesa”)

Kate Winslet (“Steve Jobs”)

Melhor roteiro adaptado

“A grande aposta”

“Brooklyn”

“Carol”

“Perdido em Marte”

“O quarto de Jack”

Melhor roteiro original

“Ponte dos espiões”

“Ex Machina”

“Divertida mente”

“Spotlight – Segredos revelados”

“Straight Outta Compton”

 

comentários



Última atualização: 02/29/2016 ás 3:38 AM

Artigos relacionados

Stay Connected

0FãsCurtir
3,432SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Artigos Mais Recentes