20.8 C
Nova Iorque
quarta-feira, agosto 17, 2022

Justiça cancela acesso gratuito de policiais militares e civis a ônibus de Salvador

Home >> manchetes >> Supremo abre inquérito para investigar senador Aécio Neves

Justiça cancela acesso gratuito de policiais militares e civis a ônibus de Salvador

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decretou o fim do acesso gratuito de policiais militares e civis aos ônibus do transporte público de Salvador a partir da terça-feira (21/7). Segundo o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Salvador (Setps), acesso gratuito por veículo foi limitado a, no máximo, dois agentes militares fardados e dois civis devidamente identificados.

Em nota, o Seteps informou que foi informado à Secretaria da Segurança Pública (SSP) e ao Comando Geral da PM sobre o cancelamento das gratuidades. Além disso, a entidade afirmou que realizou reuniões com as diversas entidades representativas das duas categorias policiais.

No entanto, também em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que ainda não recebeu notificação do Setps referente à suspensão da gratuidade de policiais nos ônibus da capital baiana. Esclarece também que, a partir do momento que o comunicado oficial seja recebido, será encaminhado para a Procuradoria Geral do Estado.

Ao todo, afirma o Setps, 8.457 policiais militares e 1.919 policiais civis possuem cartões de gratuidade no sistema de transporte coletivo por ônibus de Salvador. A utilização mensal é de 330 mil passagens entre os PMs e de 40 mil entre os policiais civis.

Segundo o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), a categoria fará uma reunião, entre terça e sexta-feira, para decidir que tipo de mobilização será feita a fim de reverter a decisão judicial.

comentários



Última atualização: 07/17/2015 ás 5:00 PM

Deixar uma resposta

Artigos relacionados

Stay Connected

0FãsCurtir
3,434SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Artigos Mais Recentes