Turistas já podem registrar ocorrências em qualquer delegacia de Salvador

Turista holandês presta queixa na Deltur, no Pelourinho, após ser assaltado durante a Copa do Mundo | Foto: Proven Quality
Turista holandês presta queixa na Deltur, no Pelourinho, após ser assaltado durante a Copa do Mundo 2014 | Foto: Proven Quality

O turista brasileiro ou estrangeiro que tiver a necessidade de registrar um boletim de ocorrência em Salvador poderá fazê-lo na delegacia mais próxima de onde ocorreu o fato delituoso. A alteração foi determinada, por meio da portaria 240, do delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta sexta-feira (3).

Os principais objetivos da medida são atender com mais rapidez as vítimas e permitir que a investigação ocorra de forma mais célere. Antes, os registros só podiam ser realizados na Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), localizada no Terreiro de Jesus (Pelourinho).

Para promover a mudança, a cúpula da Polícia Judiciária levou em consideração os pedidos dos próprios turistas que precisaram utilizar o serviço e tiveram dificuldades.

O delegado-geral explica que as delegacias territoriais (responsáveis pelas jurisdições nos bairros) devem iniciar as investigações, encaminhando, a seguir, o registro e as informações do caso para a Deltur, por meio do Sistema de Informação e Gestão Integrada Policial (Sigip). A partir daí, o crime passa a ser apurado em conjunto pelas duas unidades.

A portaria estabelece também que, havendo necessidade, a certidão ou boletim de ocorrência deverá ser impresso pela unidade mais próxima de onde ocorreu o crime. Brito determina ainda que os delegados, escrivães e investigadores orientem os turistas no uso da Delegacia Digital, ferramenta que garante a comodidade de prestar queixa utilizando computador.

“Precisamos atender bem nossos visitantes e essa portaria visa a melhoria do serviço prestado pela instituição. Temos um fluxo grande de turistas em hotéis na região de Itapuã e Linha Verde e, quando acontecia qualquer situação, as pessoas tinham que se deslocar para a unidade especializada na outra ponta da cidade”, explicou, acrescentando que algumas medidas fixadas na portaria foram decididas após reunião com o cônsul-geral da Argentina em Salvador, Mariano Vergara. As informações são da assessoria da Polícia Civil.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

comentários

Mega Sena
2018/1/13
01 05 14 23 35 45
Dupla Sena 1
2018/1/13
04 11 18 19 20 25
Quina
2018/1/15
06 13 33 57 59
TimeMania
2018/1/13
07 20 30 37 49 50 53

Hey there!

Forgot password?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Close
of

Processing files…