O ex-presidente Lula, já em Brasília, passou a telefonar para governadores aliados.Nessas conversas, Lula tem pedido um esforço de última hora para tentar virar de 2 a 3 votos por estado.

Demonstrando preocupação, Lula tem dito, nos telefonemas, que é preciso evitar um placar muito expressivo favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. As informações são do G1.