Menu

Briga por herança entre irmãos acaba em morte no interior da Bahia

Uma briga por uma terra familiar terminou com a morte de um homem na cidade de Quijingue, no Nordeste do estado. De acordo com o delegado Equiber dos Santos Alves, titular da delegacia da cidade, Evaldo Pereira de Amorim foi morto a pauladas durante uma briga com dois irmãos, Edmauro Pereira de Amorim e João Pereira de Amorim, por volta das 8h de quinta-feira (22/12).

O crime aconteceu na propriedade da família, no Povoado do Sítio, zona rural da cidade. Segundo o delegado, Evaldo, que era o irmão mais velho, se intitulava o único dono da terra e por isso não deixava os outros irmãos trabalharem lá. “A briga já vinha há uns 10 anos, inclusive já haviam registrado algumas queixas na delegacia”, afirmou Equiber em entrevista ao jornal Correio*.

Na última terça-feira (20), Evaldo teria ameaçado matar os irmãos e, na manhã de ontem, os agrediu com um facão, João e Edmauro reagiram e teve início a briga. “O local estava um campo de batalha. Evaldo foi atingido por diversas pauladas na cabeça”, afirmou o delegado. A terra, originalmente, pertencia ao pai dos irmãos, que já faleceu.

Edmauro foi esfaqueado no tórax e, após dar entrada no hospital de Quijingue, precisou ser transferido para o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, onde permanece internado. João foi ferido no braço, sem gravidade, e foi atendido na unidade de saúde de Quijingue. Ele fugiu após receber alta está sendo procurado.

O delegado Equiber disse ainda que existem outros irmãos, mas que eles não participaram da briga. Um inquérito já foi aberto e o caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Quijingue. As informações são do Correio*.

comentários