Aposentadoria de Temer é suspensa por ele não provar que está vivo

O presidente Michel Temer ficou com a aposentadoria de ex-servidor do governo de São Paulo suspensa em novembro e dezembro do ano passado porque não fez a “prova de vida”, comparecimento anual para provar que está vivo.

Como qualquer outro beneficiário, Temer deveria ter se apresentado no mês de seu aniversário -setembro, quando ele fez 77 anos. A Presidência diz que ele não se submeteu ao recadastramento “por falta de tempo”.

Como presidente da República, Temer tem direito a salário bruto de R$ 30,9 mil, conforme dados do Portal da Transparência do governo federal em novembro. Naquele mês, com os cortes para ajustar o salário ao teto dos servidores públicos, caiu na conta do emedebista um valor bem menor, de R$ 3.800.

 

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

comentários

Hey there!

Forgot password?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Close
of

Processing files…