Avó adota rapaz que teria sido estuprado quando criança e ele abusa da neta dela em MS, diz polícia

G1 – Uma criança de 4 anos foi abusada por um rapaz de 21 anos, que teria sido adotado informalmente pela avó dela, em uma chácara de Jaraguari, a 56 km de Campo Grande. Ao portal da globo G1 o delegado Jarley Inácio, responsável pelas investigações, disse que o suspeito confessou o crime e passa por audiência de custódia, nesta terça-feira (26).

No depoimento, a idosa contou que residia com o esposo na chácara, há cerca de dois anos, quando soube da história de irmãos que teriam sido abandonados pela família. “Ela disse que eles tinham sido abusados quando criança e depois abandonados tempos depois. A senhora se sensibilizou com a história, principalmente este rapaz, que estava descalço, desnutrido, sem camisa e era muito bonzinho segundo ela”, disse o delegado.

Na ocasião, ela então o adotou informalmente. “A senhora o levou para casa. Deu um quarto para ele, comprava roupas e o tratava como filho. Ela disse que a família até foi contra na época, mas, ela decidiu cuidar dele. E o rapaz ajudava na fazenda, mas, não era nada obrigatório, não era um serviço, pois, ela disse que o tratava como filho mesmo”, comentou Jarley.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *