Capacita Salvador inicia aulas na próxima terça-feira (01)

Começam na próxima terça-feira (1ª) as aulas do programa Capacita Salvador, promovidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). Nesse dia, haverá uma aula inaugural para duas turmas, com aproximadamente 30 pessoas cada, no Hotel Fiesta, no Itaigara. A capacitação terá uma carga horária de 20 horas, distribuídas em dias alternados da semana, além de consultoria presencial no empreendimento, com aplicação prática do que foi aprendido em sala de aula.

Essas turmas fazem parte da primeira fase do programa, que é voltada para a formação de Instrutores no Local de Trabalho (ILT), abrangendo 150 profissionais de empresas de turismo dos segmentos meio de hospedagem, agências de viagem e bares e restaurantes. Esses profissionais ficarão responsáveis por conduzir a capacitação dos colegas de trabalho, valendo-se do material didático desenvolvido e da assessoria técnica oferecida pelo programa, beneficiando cerca de 5.500 trabalhadores formais.

Já a segunda fase será voltada para trabalhadores informais e deverá beneficiar 2.200 pessoas. Com isso, o programa beneficiará 7.700 pessoas ao final das duas fases e pelo menos 150 empresas. O investimento no programa é de cerca de R$ 12 milhões.

O secretário da Secult, Pablo Barrozo, acredita que a capacitação trará melhorias significativas para o turismo. “É importante sempre capacitar os profissionais da área para melhor receber os turistas, sobretudo em um momento em que nós temos que nos adequar às novas regras de segurança e de higiene sanitária por conta da pandemia. Se a capacitação já era importante, agora torna-se mais ainda. Tenho certeza que com ela estaremos na vanguarda do turismo nacional”, opina o gestor.

Conteúdo – A formação vai abranger além de ocupações específicas, um grupo de habilidades e conhecimentos transversais comuns ao setor de turismo. Nas aulas, também serão abordadas as competências “Hospitalidade”, com o tema “Receber Bem e Servir com Excelência”, e “Segurança de Alimentos”, preparando os profissionais a manipular comida de forma segura, evitando assim contaminações e outros riscos.

Como material de apoio, o programa oferecerá um conjunto de cartilhas, manuais e vídeos, cujo conteúdo está alinhado às normas brasileiras (NBR) e tem linguagem adequada à realidade socioeducacional dos profissionais do setor, contendo exemplos do dia a dia de trabalho. Todos os materiais serão disponibilizados de forma gratuita aos empreendimentos e profissionais participantes.

 

Segunda fase – Prevista para começar em janeiro, a segunda fase do programa será voltada para trabalhadores informais, com conteúdo similar ao da primeira etapa. As inscrições estarão disponíveis em um site a ser divulgado pela Secult no início de dezembro.

 

Serão 110 turmas nos diversos bairros de Salvador, com a previsão de 2,2 mil participantes. As aulas para essa segunda fase devem ter início no final de janeiro. O Capacita Salvador é uma iniciativa da Prefeitura, gerida pela Secult e apoiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *