qui. abr 9th, 2020

Comunica Bahia

Sua fonte de notícias

Goverador Rui Costa faz criticas a fala de Bolsonaro sobre alta dos combustíveis: “Atitude, eventualmente, midiática”

Bnews:  O governador Rui Costa (PT) criticou, nesta terça-feira (04), a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que atribuiu o alto preço dos combustíveis aos Estados. Rui afirmou que o presidente teve uma atitude midiática e ressaltou a complexidade do assunto.

“Ele em uma atitude, eventualmente, midiática e jogar a responsabilidade sobre os governadores. Quando este assunto é de uma complexidade maior, a forma que você tem é de uma reforma tributária vir a reduzir o preço não só do combustível […] até porque o Governo Federal fica com quase 70% de tudo que se arrecada no Brasil, então se tem uma forma de baratear os bens para a população, é renunciar parte da sua arrecadação, no combustível por exemplo, o Governo Federal cobra o Programa de Integração Social (PIS) e Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS). Então antes de mexer no Imposto Sobre Circulação De Mercadorias e Serviços (ICMS), o Governo podia tomar uma iniciativa imediata, que só depende dele, e mexer no PIS e COFINS”, afirmou o governador, em entrevista ao jornal o Estado de S. Paulo.

Especulado como um dos possíveis candidatos do partido à presidência em 2022, Rui busca se contrapor a fala do presidente.  Lideranças regionais queixam-se de que o ICMS dos combustíveis representa 20% da arrecadação dos estados. Propor reduzir a cobrança seria “populismo” no momento em que muitos estão em crise fiscal.
Dos 27 governadores, 23 assinaram a nota conjunta nesta segunda (3) sugerindo que, em vez do ICMS, Bolsonaro cortasse tributos federais que incidem sobre os combustíveis.